Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Questões mais frequentes

 

Tenho de pagar para transferir o meu PPR?

O custo de transferência pode ser, no máximo, 0,5% do montante a transferir, que será pago à entidade que detém atualmente o PPR. No entanto, só se aplica se tiver um produto de capital garantido. No caso dos produtos sem garantia de capital, não pode ser cobrada qualquer comissão pela transferência.

 

 

Como posso transferir o meu PPR?

Para transferir o seu PPR, deve preencher a carta de transferência e entregá-la junto da entidade que comercializa o PPR de destino, bem como a documentação necessária à abertura de conta e subscrição do PPR pretendido. No nosso simulador, pode aceder à carta de transferência dos produtos aconselhados pela PROTESTE INVESTE.

 

Por lei, o processo de transferência não deverá ultrapassar os 10 dias úteis.

No caso de não ser cliente dessa instituição, deverá abrir conta.

 

 

Perco benefícios fiscais se transferir o meu PPR?

Não. O processo de transferência não representa um resgate do PPR. Apenas transfere o montante aplicado para um novo PPR.

 

 

Após transferir o PPR fico com o meu dinheiro imobilizado?

Não. Após a transferência aplicam-se os prazos e condições legais para resgate do PPR.

 

 

Posso perder capital se transferir o meu PPR?

No processo de transferência não perde o capital acumulado. Contudo, se transferir para um produto sem capital garantido, poderá ficar sujeito a flutuações de valor de mercado (cotação).

 

 

Qual a diferença entre os PPR com capital garantido e sem capital garantido?

Os PPR com garantia de capital, geralmente sob a forma de seguro, apresentam menor risco, não investem em ações e são adequados para quem está mais próximo da idade da reforma. Em regra, oferecem uma rentabilidade mínima garantida, que acompanha as taxas de juro do mercado.

Já os PPR sem garantia de capital, geralmente sob a forma de fundo, aplicam uma parte da carteira em ações e são mais adequados para quem está longe da idade da reforma. Neste caso, o potencial de rendimento é superior no longo prazo.

Existem, porém, exceções: fundos com garantia de capital e seguros sem garantia de capital.

 

 

Na minha simulação, não é apresentado ganho. O que significa?

O PPR que detém atualmente apresenta uma rentabilidade superior às nossas Escolhas Acertadas, pelo que não tem qualquer ganho com a transferência. No entanto, esse produto pode não ser o mais adequado para si, caso esteja a menos de 10 anos da idade da reforma (mais de 55 anos de idade). Nesse caso, poderá ser adequado mudar para um PPR de capital garantido.

 

 

Só posso transferir o meu seguro PPR para outro seguro?

Não. Pode transferir o seu PPR para fundo ou seguro, independentemente da forma do produto que tem atualmente. Contudo, nem todos os PPR estão obrigados a aceitar a transferência.

 

 

Posso transferir parte do meu PPR?

Sim. Ao preencher a carta de transferência, deverá especificar o montante que pretende transferir.

 

 

Não encontro o meu PPR na lista. Porquê?

Verifique se está a pesquisar o nome completo, de acordo com a ordem correta. A nossa listagem incorpora a base de seguros PPR fornecida pelo Instituto de Seguros de Portugal (ISP), que não contempla todos os produtos disponíveis no mercado, nomeadamente os seguros PPR divididos em unidades de participação (unit linked). Outra razão pode ser o facto do seu PPR está em comercialização há menos de três anos, não apresentando ainda histórico suficiente de rentabilidade para compararmos com outros produtos disponíveis no mercado.

Nesse caso, selecione a opção "O meu PPR não está listado" para nos enviar o nome do seu produto. Iremos pesquisar e, caso seja possível, adicionar à nossa base. Posteriormente, será informado para que possa efetuar a sua simulação.

 

 

Como é calculado o ganho apresentado na simulação?

O ganho corresponde à diferença entre o rendimento dos últimos três anos do produto que recomendamos para o seu perfil e o rendimento registado nesse mesmo período no produto que detém atualmente. Essa diferença é indicadora do que poderia ganhar se tivesse optado por uma das nossas recomendações. Contudo, é um simulador baseado em rentabilidades do passado e estas não são garantia de rentabilidades futuras. Mas são um indicador da qualidade de gestão dos produtos.

 

 

A simulação obriga ao compromisso de transferência?

Não. Cabe-lhe a si a decisão de transferir ou não. O nosso simulador pretende ajudá-lo a comparar a rentabilidade do seu PPR com as melhores opções do mercado.

Precisa de ajuda?

 

todas as redes

218 418 789

rede fixa

808 200 147

Segunda a sexta-feira das 9h às 13h e das 14h às 18h

Termos e condições

As condições gerais que se seguem aplicam-se a todos os que participem na campanha da PROTESTE INVESTE “Ganhe mais no PPR”. Por conseguinte, convidamo-lo a lê-las atentamente e na íntegra. Participar nesta campanha implica a aceitação das presentes condições gerais, assim como as que respeitam a nossa Política de Privacidade.

 

 

Informação recolhida pela DECO PROTESTE

A editora DECO PROTESTE publica diversas revistas (Pro Teste, Teste Saúde, Dinheiro & Direitos) e guias práticos que abordam todas as questões num espírito de defesa do consumidor: analisando os temas do ponto de vista do consumidor, tratando a informação com total isenção, mantendo-se independente das autoridades públicas, dos media e das empresas. As publicações financeiras PROTESTE INVESTE respeitam esta linha de conduta.

 

O sítio "Ganhemaisnoppr.pt" é uma plataforma eletrónica que permite ajudar o investidor a verificar qual o montante em euros que pode ganhar até aos 66 anos caso transfira o seu PPR para a escolha acertada, com base nos estudos da PROTESTE INVESTE.

 

O conselho será prestado com base num questionário disponibilizado para o efeito e ao qual o investidor deve responder.

 

A resposta ao questionário é exclusivamente dada pelo investidor – diretamente no sítio www.ganhemaisnoppr.pt ou através de atendimento telefónico, com registo das suas respostas.

 

A utilização da presente plataforma só é possível caso aceite a Política de Privacidade da DECO PROTESTE.

 

 

Informação prestada pelos investidores

Nem a PROTESTE INVESTE, a DECO PROTESTE ou a DECO se podem responsabilizar pela veracidade e atualização das informações prestadas pelos utilizadores. No entanto, o utilizador deve usar este serviço de forma responsável e evitar todo e qualquer comportamento suscetível de prejudicar a reputação da PROTESTE INVESTE, DECO PROTESTE ou DECO.

 

A veracidade dos dados facultados pelos utilizadores e demais informação por estes disponibilizada na plataforma é da exclusiva responsabilidade de quem a introduziu.

 

 

Envio de informação

Caso surja algum erro, procuraremos corrigi-lo e restabelecer a normalidade por todos os meios ao nosso alcance.

 

Contudo, esta plataforma serve apenas para, a título meramente indicativo, permitir ao utilizador saber quanto poderá eventualmente ganhar se transferir o PPR para a escolha acertada, indicada pelos estudos da PROTESTE INVESTE, com base na rentabilidade dos últimos três anos. Como rentabilidades passadas não são garantia de rentabilidade futura, a PROTESTE INVESTE, DECO PROTESTE ou DECO não serão responsáveis por qualquer tipo de compensação se não conseguir os ganhos indicados.

 

 

Acerca de nós

A campanha da PROTESTE INVESTE "Ganhe mais no PPR" é organizada pela DECO, Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, através da sua participada DECO PROTESTE, Lda., ainda que esta página da Internet seja propriedade da DECO PROTESTE e esta seja a única responsável pelo tratamento de todos os dados pessoais que possam ser aqui recolhidos, nos termos da Política de Privacidade.

 

 

Política de Privacidade

Legislação aplicável

Respeitamos a Lei de Proteção de Dados Pessoais – Lei 67/98, de 26 de outubro –, bem como a demais legislação vigente nesta matéria, como sendo a Lei 41/2004, de 18 de agosto, com a redação que lhe foi dada pela Lei 46/2012, de 29 de agosto.

 

 

Responsabilidade pelo tratamento dos dados

A DECO PROTESTE, Editores, Lda. é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos seus dados pessoais para as finalidades referidas na presente Política de Privacidade.

 

 

Finalidade da recolha dos dados

A recolha dos seus dados pessoais destina-se ao envio, para o seu contacto, de dados que poderão permitir um eventual ganho na transferência do seu plano de poupança reforma (PPR) para uma das escolhas acertadas da PROTESTE INVESTE. A recolha dos seus dados destina-se ainda à prestação de informação no âmbito desta ação, bem como à divulgação da Associação e da DECO PROTESTE, e à promoção dos produtos e serviços da DECO PROTESTE, através do envio de mensagens de marketing, designadamente marketing direto.

 

Ao aceitar a presente Política de Privacidade, presta o seu consentimento prévio e expresso para a utilização dos seus dados pessoais para os fins acima referidos. Caso o autorize, através da sinalização da primeira opção, estes dados podem ainda ser futuramente utilizados pela DECO PROTESTE para o envio de informação sobre outras ações e sobre os seus produtos e serviços, com vista ao estabelecimento e manutenção de relações comerciais, através de comunicações não solicitadas de marketing direto da DECO PROTESTE. Caso não pretenda ser contactado para futuras ações da DECO PROTESTE, assinale a segunda opção.

 

 

Direito de acesso

Nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, é garantido ao titular dos dados o direito de acesso, atualização, retificação ou eliminação dos seus dados pessoais, a todo o tempo, bem como o direito de oposição à utilização dos dados facultados para fins de marketing, para o envio de comunicações informativas ou outras. Se o não tiver feito aquando da recolha, pode fazê-lo por escrito para assinaturas@deco.proteste.pt ou para DECO PROTESTE, Editores, Lda., Avenida Engenheiro Arantes e Oliveira, n.º 13, 1900-221 Lisboa.

 

 

Caráter obrigatório dos dados

A comunicação de todos os (seus) dados pedidos é obrigatória, pois sem os mesmos não será possível a participação nesta ação.

 

 

Envio de comunicações não solicitadas para fins de marketing direto

Está sujeito a consentimento prévio e expresso do assinante que seja pessoa singular, ou do utilizador, o envio de comunicações não solicitadas para fins de marketing direto, designadamente através da utilização de sistemas automatizados de chamada e comunicação que não dependam da intervenção humana (aparelhos de chamada automática), de aparelhos de telecópia ou de correio eletrónico, incluindo SMS (serviços de mensagens curtas), EMS (serviços de mensagens melhoradas), MMS (serviços de mensagem multimédia) e outras aplicações similares.

 

Ao selecionar a primeira opção constante desta política de privacidade está a prestar esse consentimento na estrita medida que aí se refere.

 

Mesmo que tenha dado o seu consentimento, pode sempre vir a exercer o seu direito de oposição nos termos descritos em “Direito de Acesso” para que deixem de lhe ser enviadas aquelas mensagens.

 

Este envio, para fins de marketing direto, nunca ocultará ou dissimulará a identidade da pessoa em nome de quem é efetuada a comunicação e contemplará sempre a indicação de um meio de contacto válido para o qual o destinatário possa enviar um pedido para pôr termo a essas comunicações.

 

 

"Cookies" – Armazenamento de informação

 

No presente sítio, a PROTESTE INVESTE pode utilizar software que armazena informação – cookies – no seu computador, através do navegador (browser). Este retém apenas informação relacionada com as suas preferências, nunca os seus dados pessoais.

 

Ao aceitar a Política de Privacidade está a autorizar a utilização de cookies nos termos aqui descritos.

 

O armazenamento destas informações e a possibilidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de um assinante ou utilizador apenas são permitidos se estes tiverem dado o seu consentimento prévio, com base em informações claras e completas nos termos da Lei de Proteção de Dados Pessoais, nomeadamente quanto aos objetivos do processamento.

 

A PROTESTE INVESTE pode utilizar cookies com o objetivo de ajudar a determinar a utilidade, interesse e o número de utilizações do seu website. Tal permite uma navegação mais rápida e elimina a necessidade de introduzir repetidamente as mesmas informações.

 

O uso de cookies é uma prática normal nos sites da Internet. A maioria dos navegadores da Internet permite ao usuário aceitar, recusar ou apagar cookies, nomeadamente através da seleção das definições apropriadas no respetivo navegador.

 

Os cookies utilizados pela PROTESTE INVESTE respeitam o anonimato e não serão usados para recolher qualquer informação de caráter pessoal, nem serão utilizados para fins de marketing.

 

Note que, através do seu navegador (browser) pode desativar os cookies, seja para o presente website, seja para todos os websites que visita.

 

Independentemente do consentimento do utilizador, a PROTESTE INVESTE pode proceder ao armazenamento técnico ou ao acesso:

  • que tenha como única finalidade transmitir uma comunicação através de uma rede de comunicações eletrónicas;
  • estritamente necessário ao fornecedor para fornecer um serviço da sociedade de informação solicitado expressamente pelo assinante ou utilizador.

 

 

Destinatários dos dados

Ao aceitar a presente Política de Privacidade, autoriza que os dados que nos forem facultados sejam comunicados à DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

 

Fechar